sexta-feira, 30 de maio de 2008

PRESENÇA


Estas aqui.


Em silêncio nos tocamos.


Vibra a semente.


A alma persegue e persiste


Segredando sussurros


Com labios de infinito.




5 comentários:

Anne M. Moor disse...

Te achaste? Poema lindo. Adorei. Ahhhhhhhhhhhh estas almas...
Beijão

Clarisse Milano disse...

q lindo! q lindo! tens um link na minha página! todos merecem te ler! bj.

Maria disse...

Anne
Esta alma que pulsa e não cala. Vivo enrroscada nela, como os fios de lã. Enlaça e aquece.
Clarise
Visitei teu site, também sabes desta alma falante, lindo!
Beijos pras duas.

Clarisse Milano disse...

Maria: já imaginava o quanto a Anne é querida por todos, mas ao escrever aqueles dizeres pude ver realmente o imenso fã clube q se formou por ela! bjo!

Walmir Lima disse...

Tua sensibilidade aflora a cada palavra, mas muito mais a cada poro tu sentes, em arrepio, percebo.
Um beijo