sábado, 31 de março de 2007

Cumplicidade


Enrredo as mãos no cabelo, seguro a cabeça e me deixo levar pelas imagens e palavras que desembocam em meu computador. Horas sem fim de puríssimo enlevo e descoberta. Paginas prenhes de signos e magia. Me esqueço que a noite varre pra dentro e a lua já se escondeu no prédio da esquina. Sai por ai e me perdi de boteco em boteco, em cada um me embebedei de letras. Agora bebada e enlevada vou ao decúbito dorsal deixar que a letargia me traga os sonhos que me inspirei nesta madrugada.

8 comentários:

Anne M. Moor disse...

Caíste na gandáia ontem ehm?????? Te esperei... A lua... a lua é o alento de um dia bem ou mal vivido... Fala por si só...

Maria disse...

Caí na gandaia dos blogueiros. Cada um me embebedou nesta fantastica magia, pessoas que não conheço e que se desvendam para mim. Bendita tecnologia onde a cumplicidade é unica.

Anne M. Moor disse...

É uma magia sim e um espaço companheiro...

Walmir Lima disse...

Maria, grato eu! Faço a ti as palavras que escrevi em meu comentário para a Lú, lá no O Centauro. Leia-o, por favor, e vais entender.

Anne M. Moor disse...

Kd tu? Estás vagando pelas estrelas e nuvens? Saudades...

ETERNA GEMINIANA disse...

Fiz um pedido a Lua esses dias e ela me atendeu!!!Vou ver a vovó!!
obrigada Dona Lua

Walmir Lima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Walmir Lima disse...

Quem admira a Lua como tu, aumenta o seu brilho cada vez.
Lua, espelho celeste, reflete o que vê!