segunda-feira, 14 de julho de 2008

CAMINHEIRO, CAMINHANTE...


Caminheiro, Caminhante...


Em cada posto
Finca e marca
Dunas rosas
Perfumado amor
Flor perene
Lenta, doce
Embalada.
Danço, canto
Desenho
Limo em gotas
Orvalhadas
Úmido sorriso
Pedaços de céu
Olhos amados
Desvelados
em noites
sem dormir.

4 comentários:

ETERNA GEMINIANA disse...

Que as batidas aceleradas do teu coração, te tirem do sono profundo para sonhar acordada.

Saudades

Maria Alice disse...

Bonito isso! Apesar de solitárias palavras, a companhia se faz implicita.

Maria disse...

Celina e Mariah,

O coração se acelera na certeza. Cada atmo revela em canto e poesia esta alma silenciosa e plena.
Bjs

Jorge Lemos disse...

...e plena de luz a palavras esconde o que mais fala o coração:
emoção!

Viva Maria. bjs.