quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

MI NIÑA


Hoje te tenho em meus braços

em acalantos de suave doçura.

Vida do meu amor.

Bendita a vida

nutrida em teu ventre.

Doce amor, suave encanto

Bela mãe, bela vida

Que seria de mim sem este amor

fruto germinado da doçura?

Te quero por me quereres vida

Te amo porque de amor

vives e por amor

Te amo.

9 comentários:

Anne M. Moor disse...

Vitória do amor! Vida nova. Vida diferente. Personagens iguais. Seguem as fotos...

Beijos mil :-)

ETERNA GEMINIANA disse...

É o amor que gera mais amor!Recomeço encantado e iluminado. Como a Fênix que renasce das cinzas mais forte e bela, pronta para voar ainda mais alto! Te amo!

Anônimo disse...

Lindo! lindas como a vida que é essência do AMOR!
Bjos

Anônimo disse...

Lindo! lindas como a vida que é essência do AMOR!
Bjos

Jorge Lemos disse...

Terna Maria

Explosão de amor e contentamento:
aproveite todos os momentos.

Lemos

Walmir Lima disse...

Não há amor mais puro que este.

Que bom ter te visitado. Me fez melhor.

Maria disse...

Anne, Celina, Maria Alice, Jorge e Walmir.

Anne obrigada pelo post no teu blog e as fotos lindas que tirastes.
O amor verdadeiro se expande, não cria barreiras e se fortalece no tempo. Vivo cada minuto por este amor. Renasce e revive a alma que se inscreveu em cada poesia postada aqui. Colho o fruto da espera na certeza de amar e ser amada.

Walmir Lima disse...

Maria,

Volto pra te deixar um beijo e folgo em ver tua expressão feliz.

Anne M. Moor disse...

Graça
Estou em POA. Passei aqui pra te deixar um beijo grande de Feliz Páscoa e outro pro Leopoldo!

Estou com saudades!!! Vai lá no Life... Living...

Beijo grande